segunda-feira, abril 27, 2009

Uma imagem apenas...

Pense que alguém retratou a imagem do conceito de Amizade



"Ninguém tem o direito de julgar a outro, suas roupas, porquês, seus méritos, suas melhores ou piores decisões,

pois para isso, teria que saber ler as entrelinhas da vida, algo raro, cujo dom a poucos acompanha..."


Recebido por e-mail do meu amigo Zé Carlos! Obrigada!É uma imagem comovente e nos leva à reflexão!

sábado, abril 25, 2009

ESCOLHA DAS PROVAS - SER FELIZ É A QUESTÃO

por Euckaris Guimaraes Mendes



As tarefas evolutivas executadas por nós na Terra fazem parte de um processo dinâmico que levará nossas almas ainda por inúmeras encarnações. A vida não tem outro objetivo senão o de doação, de proteção e de recursos, para que possamos atingir uma estabilidade íntima que nos assegure a clareza e a serenidade mental, elementos imprescindíveis que nos facilitarão o progresso espiritual.

Se acreditarmos, porém, que nossa felicidade ou infelicidade vem de coisas externas, do acaso ou das mãos de outras pessoas, estaremos dificultando nosso crescimento e amadurecimento interior.

A criatura que atingiu a lucidez espiritual já adquiriu a capacidade de compreender a eficiência com que a natureza age em todos nós. Ela se conduz no cotidiano pacificada e serena, pois percebeu que está constantemente ganhando recursos da vida excelsa, mesmo quando atravessa o que consideraríamos “transtornos existenciais”. Ao mesmo tempo, aprendeu que, por mais que se preocupe, a reunião de todas essas preocupações não poderá mudar coisa alguma em sua vida.

"... O Espírito na escolha das provas que queira sofrer (...) escolhe, de acordo com a natureza de suas faltas, as que o levem à expiação destas e a prosseguir mais depressa". LE. 264.

A Providência Divina agindo em nós faz com que saibamos exatamente o que precisamos escolher para nosso aprimoramento interior. Para que a consciência da criatura tenha uma boa absorção ou uma sensível abertura para o aprendizado é preciso que adquira senso e raciocínio, noção e atributos, todos extraídos de suas provas e expiações, ou seja, das diversas experiências vivenciais.

As almas estão vivenciando o útil e o necessário para o desenvolvimento de suas potencialidades naturais e divinas. Podemos orientar, amar, apoiar, ajudar, mas jamais achar que sabemos melhor como as coisas devem ser e como as criaturas devem se comportar.

Quando dizemos que nos preocupamos com os outros, quase sempre estamos nos distanciando, voluntariamente ou não:

- das atitudes que não temos coragem de tomar;
- das responsabilidades que não queremos assumir;
- das carências afetivas que negamos a nós mesmos;
- dos atos incoerentes que praticamos e não admitimos;
- dos bloqueios mentais que possuímos e não aceitamos.

Deslocamos todos os nossos esforços, atenção e potencialidades para socorrer, proteger, salvar, convencer e aconselhar nossos “companheiros de viagem”, esquecendo muitas vezes de nossa primeira e mais importante tarefa na Terra: nossa transformação interior!

Não podemos nem devemos forçar mudanças de atitudes nas pessoas. Em realidade só podemos modificar a nós mesmos. Nosso livre arbítrio nos confere possibilidades de uso particular com o fim específico de retificarmo-nos, porém não nos dá o direito de querer modificar os outros.

Cada um se expressa perante a existência como pode. Suas criações, seus desejos, metas objetivos são coerentes com seu grau de evolução. Qualquer tipo de coação em um modo de ser é profundo desrespeito.

Confiemos na Paternidade Universal que rege a todos, visto que preocupação, em síntese, é desconfiança nas Leis da Vida. Não nos compete determinar ou dirigir as decisões alheias, nem mesmo temos o direito de convencer ninguém ou censurar as opções de vida de quem quer que seja.

Por que condenar os atos e as atitudes de alguém que o próprio Criador do Universo deixou livre para decidir? Por que sofrer ou preocupar-se com isso?

Tudo ocorre dentro de um perfeito sincronismo tempo/espaço. Se alguém não está conseguindo caminhar convenientemente agora, é porque lhe falta algo a fazer, ou mesmo coisas a aprender. Tudo acontece naturalmente quando estamos empenhados em sermos melhores a cada momento, mas com vagar, respeitando o tempo nosso e do outro. No Universo, tudo obedece a um ritmo natural; as raízes de nossa evolução corporal/espiritual estão arraigadas nas íntimas relações com a Natureza. Em nível mais profundo, somos parte dela.

Há um tempo para tudo. Em verdade, os ritmos que nos governam são inerentes à vida. Nossa identificação com a Vida Superior se plenifica quando harmonizamos nossos ritmos internos com os ritmos externos da Natureza.

Kardec indaga aos Espíritos: “Os seres que habitam cada mundo, hão todos alcançado o mesmo nível de perfeição?” E eles respondem com sabedoria: "Não; dá-se em cada um o que ocorre na Terra: uns Espíritos são mais adiantados do que outros." LE. 179

Os ritmos interiores se prendem ao nível evolucional/espiritual de cada um e toda a vida no Universo está dentro de uma ordem perfeita. Tanto os astros da abóbada celeste, como os seres microscópicos do nosso planeta, todos são regidos por uma Divina Ordem que mantém trajetórias e órbitas perfeitamente alinhadas, como também os ritmos e os propósitos coerentes com o grau de necessidade e progresso das criaturas e das demais criações.

É importante caminhar passo a passo, acompanhando nosso próprio compasso existencial e percebendo a hora propícia de mudança!

“O dia de hoje nos fornecerá exatamente as oportunidades de que precisamos para compor com estrofes e versos harmônicos o “poema de nossa vida”, cuja métrica foi antecipadamente determinada por nós no ontem. Nossas experiências da vida não acontecem por acaso. O Planejamento Divino nada faz sem um desígnio proveitoso: tudo tem sua razão de ser. Não é preciso desespero. Nem preocupação que sempre é inútil: tudo acontece como tem que acontecer”.
(Hammed)

OBS. TEXTO FAZ PARTE DO LIVRO " NOSSAS PALESTRAS"

A indisciplina nas escolas (vista por F. Savater)




Especialistas reunidos em Espanha

Aumento da violência nas escolas reflecte crise de autoridade familiar

Especialistas em educação reunidos na cidade espanhola de Valência defenderam hoje que o aumento da violência escolar deve-se, em parte, a uma crise de autoridade familiar, pelo facto de os pais renunciarem a impor disciplina aos filhos, remetendo essa responsabilidade para os professores.
Os participantes no encontro 'Família e Escola: um espaço de convivência', dedicado a analisar a importância da família como agente educativo, consideram que é necessário evitar que todo o peso da autoridade sobre os menores recaia nas escolas.

'As crianças não encontram em casa a figura de autoridade', que é um elemento fundamental para o seu crescimento, disse o filósofo Fernando Savater.

'As famílias não são o que eram antes e hoje o único meio com que muitas crianças contactam é a televisão, que está sempre em casa', sublinhou.

Para Savater, os pais continuam 'a não querer assumir qualquer autoridade', preferindo que o pouco tempo que passam com os filhos 'seja alegre' e sem conflitos e empurrando o papel de disciplinador quase exclusivamente para os professores.

No entanto, e quando os professores tentam exercer esse papel disciplinador, 'são os próprios pais e mães que não exerceram essa autoridade sobre os filhos que tentam exercê-la sobre os professores, confrontando-os', acusa..

'O abandono da sua responsabilidade retira aos pais a possibilidade de protestar e exigir depois. Quem não começa por tentar defender a harmonia no seu ambiente, não tem razão para depois se ir queixar', sublinha.

Há professores que são 'vítimas nas mãos dos alunos'.

Savater acusa igualmente as famílias de pensarem que 'ao pagar uma escola' deixa de ser necessário impor responsabilidade, alertando para a situação de muitos professores que estão 'psicologicamente esgotados' e que se transformam 'em autênticas vítimas nas mãos dos alunos'.

A liberdade, afirma, 'exige uma componente de disciplina' que obriga a que os docentes não estejam desamparados e sem apoio, nomeadamente das famílias e da sociedade.

'A boa educação é cara, mas a má educação é muito mais cara', afirma, recomendando aos pais que transmitam aos seus filhos a importância da escola e a importância que é receber uma educação, 'uma oportunidade e um privilégio'.

'Em algum momento das suas vidas, as crianças vão confrontar-se com a disciplina', frisa Fernando Savater.

Em conversa com jornalistas, o filósofo explicou que é essencial perceber que as crianças não são hoje mais violentas ou mais indisciplinadas do que antes; o problema é que 'têm menos respeito pela autoridade dos mais velhos'.

'Deixaram de ver os adultos como fontes de experiência e de ensinamento para os passarem a ver como uma fonte de incómodo. Isso leva-os à rebeldia', afirmou.

Daí que, mais do que reformas dos códigos legislativos ou das normas em vigor, é essencial envolver toda a sociedade, admitindo Savater que 'mais vale dar uma palmada, no momento certo' do que permitir as situações que depois se criam.

Como alternativa à palmada, o filósofo recomenda a supressão de privilégios e o alargamento dos deveres.

CRISTÓVÃO COLOMBO ERA SOLTEIRO



Cristóvão Colombo pôde descobrir a América somente porque ERA SOLTEIRO!!

Se Cristóvão Colombo tivesse tido uma esposa, seria obrigado a ouvir coisas
assim e teria desistido:

- E por que é você que tem que ir?

- E por que não mandam outro?

- Você vê tudo redondo!

- Você está louco ou é idiota?

- Você não conhece a minha família e quer ir descobrir o novo mundo!

- E só vai homem nessa viagem? Acha que eu sou idiota?

- E por que eu não posso ir, se você é o chefe?

- Desgraçado, não sabe o que mais inventar para sair de casa!

- Se cruzar esta porta eu me vou com minha mãe! Seu sem-vergonha!

- E quem é essa tal Maria? Que Pinta? E essa filha da p... ainda se diz
Santa !

- Você diz que é Nina?... Vá à merda!

- Tinha tudo planejado, maldito! Vais encontrar-te com umas índias
piranhas!!

- Pensa que me enganas?

- A Rainha Isabel vai vender suas jóias para você viajar? Acha que sou
maluca ou o que? O que é que você tem com essa velha p...? ¡ VÁ SE LASCAR!

- Você não vai a lugar nenhum!

- Não vai acontecer nada porque o mundo é achatado!!

SOMOS O RESULTADO DOS NOSSOS PENSAMENTOS

Retirado do Site HSM On-line - www.hsm.com.br

O que a neurociência vem comprovando cientificamente hoje e os psicólogos estudam há anos, já era verdade a mais de mil anos em outras culturas: somos o resultado do que pensamos!

No filme "Quem somos nós?" há muitas referências da física quântica para comprovar a máxima de que nossos pensamentos influenciam a vida que temos. Ken O'Donell, em Caminhos para uma consciência mais elevada, afirma: "Se tenho pensamentos positivos, movo-me numa direção positiva. Se tenho pensamentos negativos, movo-me numa direção negativa. Se não tenho nenhum pensamento, não vou a lugar nenhum."

Quando penso - "sou gordo e não há jeito para emagrecer" - sem dúvida estarei reafirmando esta condição e me resignando com ela. Minhas atitudes serão compatíveis com este pensamento. Continuarei comendo, pois nada que fizer irá me tirar desta condição: de gordo. Este exemplo poderá ser utilizado no trabalho, nos relacionamentos, no ensino, na carreira, na busca por um emprego etc.

Por isso, fique mais atento aos seus pensamentos. Anote tudo o que vem a sua mente no dia-a-dia. Como um diário. Escreva:
* Como eles ocorrem?
* Que tipo de pensamento é mais freqüente?
* O que surge em primeiro lugar em sua mente quando tem um problema?
* Como você reage quando é elogiado por alguém?
* Como se sente no trânsito congestionado, numa reunião chata e numa roda de amigos que só falam bobagens?

Depois faça a seguinte experiência: durante uma semana procure pensar positivamente sobre tudo que acontece a sua volta. É difícil, mas é um exercício extremamente interessante.

Antes de sair de casa visualize um dia fantástico. Ao participar dos diversos eventos diários tenha sempre em mente o lado positivo das coisas. Mesmo quando algo não sair como esperava, busque o lado positivo.

Tente se relacionar com as pessoas que conhece e não conhece de modo menos defensivo e reativo. Pare antes de reagir a uma provocação e lembre-se deste exercício. Quando sentir raiva por alguma razão tente controlar os pensamentos e atitudes. Enfim, fique atento a seus pensamentos e ações, buscando constantemente elevá-los para o lado positivo.

No início poderá ser mais complicado, pois não temos este hábito. A vida moderna nos torna cada vez mais competitivos, reativos e impacientes. Mas persista, ao menos por uma semana. Ao final dela faça um levantamento de como se saiu. Como reagiu às adversidades? Como se sentiu nas situações que passou? Como as pessoas reagiram? Gostou da experiência? Houve alguma situação onde não conseguiu ter controle? Percebeu alguma mudança em você mesmo e nos outros?

Não recomendo fazer o exercício contrário, pois o resultado poderá ser realmente negativo. Não há necessidade de experimentarmos algo que não nos faz bem.

O fato é que ao modelarmos positivamente nossos pensamentos teremos condições de lidar com tudo que vivemos de forma mais gratificante e produtiva. Sentimo-nos melhores. As pessoas ao nosso redor também sentem e passam a reagir conforme nossas atitudes. É a base para o comportamento operante. Os estudos da Psicologia Comportamental demonstram que podemos condicionar nosso próprio comportamento e dos demais com as atitudes que queremos.

Por isso, não basta apenas pensar positivamente para ter algum resultado prático. É necessário agir. Ficar sentado durante horas apenas pensando não trará o objeto de seu desejo. Contudo, quando começamos nossas atividades diárias emitindo pensamentos positivos, começamos de forma diferente, mais centrada, mais focada naquilo que realmente importa. Os fatores negativos continuarão existindo, porém não terão o mesmo efeito de quando estamos dispersos, deprimidos ou ansiosos.

Não há mágica, nem tampouco ilusionismo. Apenas somos o resultado daquilo que pensamos de nós mesmos. A base é simples: se quer ver alguma mudança em sua vida, comece mudando seus pensamentos. Pensamentos positivos nos levam a ações positivas. Ações positivas nos levam a hábitos saudáveis. Hábitos saudáveis nos levam a uma estrutura de caráter agradável, carismática e instigante. O caráter define quem você é, o que pensa e o que faz.

Então pense, reflita e promova pequenas ações em seu dia-a-dia. Deixe de lado os velhos e ineficazes paradigmas, dogmas e pré-conceitos. Experimente diariamente coisas novas. Abra sua mente para novas possibilidades. Arrisque! Desfrute as novas oportunidades. Comece pensando positivamente sobre você e tudo que está a sua volta

- - - - - -
São tantas as matérias e livros que falam que "somos o resultado de nossos pensamentos", "a mente faz o homem", etc... que as vezes nos cansamos de tanto ouvir e ler a respeito, mas tenho certeza que a maioria de nós "nunca tentou" praticar e viver essa teoria.
Nessa matéria da HSM vemos como praticar e começar a utilizar a "força de nossa mente e de nossos pensamentos positivos".
Pratiquem...

Sucesso!
www.hsmglobal.com

terça-feira, abril 14, 2009

VOCÊ É BRANCO? CUIDE-SE!


Ives Gandra da Silva Martins*


Hoje, tenho eu a impressão de que o "cidadão comum e branco" é agressivamente discriminado pelas autoridades e pela legislação infraconstitucional, a favor de outros cidadãos, desde que sejam índios, afrodescendentes, homossexuais ou se auto-declarem pertencentes a minorias submetidas a possíveis preconceitos.

Assim é que, se um branco, um índio e um afrodescendente tiverem a mesma nota em um vestibular, pouco acima da linha de corte para ingresso nas Universidades e as vagas forem limitadas, o branco será excluído, de imediato, a favor de um deles! Em igualdade de condições, o branco é um cidadão inferior e deve ser discriminado, apesar da Lei Maior.

Os índios, que, pela Constituição (art. 231), só deveriam ter direito às terras que ocupassem em 5 de outubro de 1988, por lei infraconstitucional passaram a ter direito a terras que ocuparam no passado. Menos de meio milhão de índios brasileiros - não contando os argentinos, bolivianos, paraguaios, uruguaios que pretendem ser beneficiados também - passaram a ser donos de 15% do território nacional, enquanto os outros 185 milhões de habitantes dispõem apenas de 85% dele... Nesta exegese equivocada da Lei Suprema, todos os brasileiros não-índios foram discriminados.

Aos 'quilombolas', que deveriam ser apenas os descendentes dos participantes de quilombos, e não os afrodescendentes, em geral, que vivem em torno daquelas antigas comunidades, tem sido destinada, também, parcela de território consideravelmente maior do que a Constituição permite (art. 68 ADCT), em clara discriminação ao cidadão que não se enquadra nesse conceito.

Os homossexuais obtiveram, do Presidente Lula e da Ministra Dilma Roussef, o direito de ter um congresso financiado por dinheiro público, para realçar as suas tendências, algo que um cidadão comum jamais conseguiria!

Os invasores de terras, que violentam, diariamente, a Constituição, vão passar a ter aposentadoria, num reconhecimento explícito de que o governo considera, mais que legítima, meritória a conduta consistente em agredir o direito. Trata-se de clara discriminação em relação ao cidadão comum, desempregado, que não tem este 'privilégio', porque cumpre a lei.

Desertores, assaltantes de bancos e assassinos, que, no passado, participaram da guerrilha, garantem a seus descendentes polpudas indenizações, pagas pelos contribuintes brasileiros. Está, hoje, em torno de 4 bilhões de reais o que é retirado dos pagadores de tributos para 'ressarcir' àqueles que resolveram pegar em armas contra o governo militar ou se disseram perseguidos.

E são tantas as discriminações, que é de se perguntar: de que vale o inciso IV do art. 3º da Lei Suprema?

Como modesto advogado, cidadão comum e branco, sinto-me discriminado e cada vez com menos espaço, nesta terra de castas e privilégios.



( *Ives Gandra da Silva Martins é renomado professor emérito das universidades Mackenzie e UNIFMU e da Escola de Comando e Estado do Exército e presidente do Conselho de Estudos Jurídicos da Federação do Comércio do Estado de São Paulo. )

Texto recebido por e-mail.Obrigada Zé Carlos!

segunda-feira, abril 13, 2009

Torturando Palavras...


Olha que história sensacional recebi por email: Judy Wallman é uma pesquisadora na área de genealogia nos Estados Unidos. Durante pesquisa da árvore genealógica de sua família deu de cara com uma informação interessante. Um tio-bisavô, Remus Reid, era ladrão de cavalos e assaltante de trens. No verso da única foto existente de Remus (em que ele aparece ao pé de uma forca) está escrito:

"Remus Reid, ladrão de cavalos, mandado para a Prisão Territorial de Montana em 1885, escapou em 1887, assaltou o trem Montana Flyer por seis vezes. Foi preso novamente, desta vez pelos agentes da Pinkerton, condenado e enforcado em 1889."

Acontece que o ladrão Remus Reid é ancestral comum de Judy e do senador pelo estado de Nevada, Harry Reid. Então Judy enviou um email ao senador solicitando informações sobre o parente comum. Mas não mencionou que havia descoberto que o sujeito era um bandido. A atenta assessoria do Senador respondeu desta forma:

"Remus Reid foi um famoso cowboy no Território de Montana. Seu império de negócios cresceu a ponto de incluir a aquisição de valiosos ativos eqüestres, além de um íntimo relacionamento com a Ferrovia de Montana. A partir de 1883 dedicou vários anos de sua vida a serviço do governo, atividade que interrompeu para reiniciar seu relacionamento com a Ferrovia.


Em 1887 foi o principal protagonista em uma importante investigação conduzida pela famosa Agência de Detetives Pinkerton. Em 1889 Remus faleceu durante uma importante cerimônia cívica realizada em sua homenagem, quando a plataforma sobre a qual ele estava cedeu."

Não é sensacional? Palavras e números podem ser torturados pra dizer o que o torturador quiser!

Pois bem. Com as eleições dos dinossauros Sarney e Temer para as presidências do Senado e Câmara de Deputados e o mergulho de Lula na campanha de Dilma, assistimos a infindáveis sessões de tortura de palavras, que os marqueteiros do PT chamam de "construções simbólicas". É indispensável portanto preparar-se para ouvir os discursos, ler as
matérias, ouvir as reportagens.


Esse preparo começa com o estudo e com a leitura. Quem não lê não está preparado para assistir televisão, por exemplo. É a leitura que nos ajuda a construir um repertório suficiente para embasar nossas reflexões, enriquecer nossas comparações, orientar nossos julgamentos e refinar nossa capacidade de tomada de decisão. Através da leitura entramos em contato com as idéias de homens e mulheres que ao longo da história da humanidade trataram dos problemas que nos afligem. Com a leitura aprendemos como o
mundo funciona e como o homem se comporta em sociedade. Aprendemos sobre po-lí-ti-ca.



Sem a leitura acreditamos nos torturadores profissionais de palavras. E então um "não" passa a significar "sim". E vice-versa. Erros viram acertos. Ladrões são tratados como empresários. Planos eleitoreiros são vendidos como a salvação da pátria. Terroristas passam por refugiados. Assassinos transformam-se em vítimas.


Através da leitura e do estudo é possível desenvolver uma espécie de "sexto sentido" para perceber os malabarismos dialéticos, a tortura das palavras.
No mínimo isso ajuda a não fazer papel de trouxa.

Ah, ia me esquecendo! Em vez de simplesmente acreditar e repassar, decidi ler e estudar. E descobri que a história de Judy, Harry e Remus Reid é falsa. É uma mentira que circula pela internet há nove anos...

Viu só?


(*)Por Luciano Pires

É jornalista, escritor, conferencista e cartunista.


Parte II
Daqui a uns 100 anos, um descendente do Lula assim escreverá sobre o ancestral:

”Lula da Silva foi um presidente do Brasil, que tinha uma característica incomum. Apesar
de possuir o sentido da visão, era cego, nada via, o sentido da audição, era surdo, nada
ouvia, o terceiro ano primário, não lia jornais, nada sabia, e apesar de confessar nunca
haver lido sequer um livro, foi reeleito. Não deixou prole numerosa, mas um de seus
filhos, que quando o pai foi eleito pela primeira vez era um simplório guia de
zoológico, ganhando um pequeno salário para mostrar aos visitantes girafas, macacos e
jacarés, revelou-se, durante os anos em que o pai foi Presidente da República, um
talentoso homem de negócios e pecuarista. Lula da Silva, apesar da cegueira, era um
viajante internacional como nunca se vira outro igual. Visitou centenas de países sempre
se fazendo acompanhar pelo ministro das Relações Exteriores, que lhe descrevia os
cenários turísticos. Era recebido no "grand monde" político internacional, onde era tido
como uma excentridade. Fez amizades duradouras com os líderes mais importantes do mundo,
Fidel Castro, Hugo Chavez e Evo Morales. Analfaglota, mas perseverante e inteligente,
acabou decorando várias palavras e expressões estrangeiras: "ies", "óquêi", "tenqui iu",
"gude mornim", "gude ivin" "gude naite", "naice tu miti iu", "gude bai", mas decorou com
mais facilidade "blude méri", "drai martine", "rai fai", "iscóti" e "quantrô". Não
precisou decorar caipiroska, esse nome ele já sabia, mas quando ía ao Chile optava por
um pisco triplo. Adorava uma rodada de dôrra, regada a "xatenêve di papi", Às vezes
confundia-se com a geografia política: "em que país fica a África?". Se Nova Iorqui é a
capital dos Estados Unidos, porque a "uaiti rorse" fica em "uóxinton?". A oposição era
cruel com ele, mas ele não tinha culpa, afinal era filho de uma senhora que nasceu
analfabeta...Chegou a alcançar 84% de aprovação popular, segundo enquete realizada entre
as pessoas que recebiam o programa bolsa família, que a oposição, duplamente cruel,
apelidava de caça votos. Foi o criador do PAC, programa de aceleração da campanha, mas
como era um cidadão humilde, abdicou da paternidade transferindo-a para uma senhora
muito doce a quem intitulou mãe do PAC”.

quarta-feira, abril 08, 2009

Como assar uma batata?

Como a Toyota assa uma batata ???

5 passos:
-Pré-aquece um forno novo e de alta confiabilidade a 350 °C.
-Insere 1 kg de batatas de Idaho (a melhor).
-Sai para fazer alguma coisa produtiva durante os próximos 45 minutos.
-Verifica se está 'no ponto'.
-Remove as batatas do forno perfeitamente assadas e serve à mesa.


Como a GM ou a Ford assam uma batata??? (porém não só elas...)

-Executa um 'bidding' no mercado com fornecedores do México, Brasil e Tadjiquistão, para fornecer 0,75 kg de batatas, escolhe o de menor preço, e registra o ganho na planilha do comitê de redução de custos da empresa.
-Volta a negociar com o fornecedor de Idaho e insiste para que ele mantenha o preço do fornecedor do Tadjiquistão, e que ainda apresente uma redução anual de preços de 3%. O fornecedor de Idaho não aceita, e é eliminado da lista de fornecedores aprovados da empresa devido ao péssimo relacionamento comercial.
-Aumenta a quantidade para 1 kg quando descobre que a Toyota usa 1 kg, mas insiste para que o fornecedor mantenha o preço anterior.
-Pede ao fornecedor de batatas que faça o pré-aquecimento do forno a 350 °C.
-Exige que o fornecedor demonstre de que maneira ele girou o botão do forno até 350 °C, e que apresente documentação do fabricante do forno provando que ele foi devidamente calibrado.
-Faz uma revisão na documentação, e exige que o fornecedor (de batatas) acompanhe a temperatura do forno com um termopar de última geração, com definição até a segunda casa decimal.
-Ensina o fornecedor a inserir as batatas e a ajustar o 'timer' para 45 minutos.
-Pede ao fornecedor que abra o forno para verificar se as batatas foram dispostas corretamente dentro do forno e solicita um estudo para verificar se 45minutos é o tempo ideal para assar batatas deste tamanho e com aquela orientação em relação ao forno.
-Pede um estudo de 6Sigma mostrando a variação do tempo de cozimento para vários tamanhos e orientações de batatas.
-Verifica se as batatas estão assadas de 3 em 3 minutos.
-Fica impaciente com o fornecedor (de batatas), afinal por que estas simples batatas demoram tanto pra assar? Pede um " Status Report " a cada 5 minutos.
-Conduz testes de novos mercados.
-Muda a quantidade para 0,9 kg de batatas, pois o cliente só consegue perceber variações de peso abaixo de 0,85 kg.
-Verifica se as batatas estão assadas.
-35 minutos depois, conclui que as batatas estão quase prontas. O Coordenador de Novos Projetos da Empresa (readness), que acompanha o Engenheiro de Qualidade de Fornecedores (Supplier Quality Engineer), responsável pela aprovação das batatas (PAPP) emite um monte de documentos confirmando que tudo vai bem e que conseguirá cumprir a meta dentro do prazo estabelecido.
-Agradece ao fornecedor, e então fala ao chefe sobre o excelente trabalho que vem sendo realizado, mesmo com as adversidades encontradas devido ao péssimo companheirismo do fornecedor.
-Remove as batatas depois de 40 min, e apresenta um 'saving' de 5 minutos sem prejudicar a qualidade do produto. Exige do fornecedor uma redução de preço devido ao menor tempo de processo, e registra o ganho na planilha do comitê de redução de custos da empresa.
Depois se pergunta:
"Como os malditos japoneses fazem para conseguir uma batata mais saborosa, mais barata e que agrada mais aos clientes?!?!?

(Recebido por e-mail sem autoria)

Se os Tubarões Fossem Homens


Se os tubarões fossem homens,

perguntou a filha de sua senhoria ao senhor K.,

seriam eles mais amáveis para com os peixinhos?

Certamente, respondeu o Sr. K.

Se os tubarões fossem homens,

construiriam no mar grandes gaiolas

para os peixes pequenos, com todo tipo de alimento,

tanto animal quanto vegetal.

Cuidariam para que as gaiolas tivessem sempre água fresca

e adotariam todas as medidas sanitárias adequadas.

Se, por exemplo, um peixinho ferisse a barbatana,

ser-lhe-ia imediatamente aplicado um curativo

para que não morresse antes do tempo.

Para que os peixinhos não ficassem melancólicos

haveria grandes festas aquáticas de vez em quando,

pois os peixinhos alegres têm melhor sabor

do que os tristes.

Naturalmente haveria também escolas nas gaiolas.

Nessas escolas os peixinhos aprenderiam

como nadar alegremente em direção à goela dos tubarões.

Precisariam saber geografia, por exemplo,

para localizar os grandes tubarões que vagueiam

descansadamente pelo mar.

O mais importante seria, naturalmente,

a formação moral dos peixinhos.

Eles seriam informados de que nada existe de mais belo

e mais sublime do que um peixinho que se sacrifica contente,

e que todos deveriam crer nos tubarões,

sobretudo quando dissessem que cuidam

de sua felicidade futura.

Os peixinhos saberiam que este futuro só estaria assegurado

se estudassem docilmente. Acima de tudo,

os peixinhos deveriam rejeitar toda tendência baixa,

materialista, egoísta e marxista,

e denunciar imediatamente aos tubarões

aqueles que apresentassem tais tendências.

Se os tubarões fossem homens,

naturalmente fariam guerras entre si,

para conquistar gaiolas e peixinhos estrangeiros.

Nessas guerras eles fariam lutar os seus peixinhos,

e lhes ensinariam que há uma enorme diferença entre eles

e os peixinhos dos outros tubarões.

Os peixinhos, proclamariam, são notoriamente mudos,

mas silenciam em línguas diferentes,

e por isso não se podem entender entre si.

Cada peixinho que matasse alguns outros na guerra,

os inimigos que silenciam em outra língua,

seria condecorado com uma pequena medalha de sargaço

e receberia uma comenda de herói.

Se os tubarões fossem homens também haveria

arte entre eles, naturalmente.

Haveria belos quadros,

representando os dentes dos tubarões

em cores magníficas, e as suas goelas

como jardins onde se brinca deliciosamente.

Os teatros do fundo do mar mostrariam

valorosos peixinhos a nadarem com entusiasmo

rumo às gargantas dos tubarões.

E a música seria tão bela que, sob os seus acordes,

todos os peixinhos, como orquestra afinada,

a sonhar, embalados nos pensamentos mais sublimes,

precipitar-se-iam nas goelas dos tubarões.

Também não faltaria uma religião,

se os tubarões fossem homens.

Ela ensinaria que a verdadeira vida dos peixinhos

começa no paraíso, ou seja, na barriga dos tubarões.

Se os tubarões fossem homens também acabaria

a ideia de que todos os peixinhos são iguais entre si.

Alguns deles se tornariam funcionários

e seriam colocados acima dos outros.

Aqueles ligeiramente maiores

até poderiam comer os menores.

Isso seria agradável para os tubarões, pois eles,

mais frequentemente, teriam bocados maiores para comer.

E os peixinhos maiores detentores de cargos,

cuidariam da ordem interna entre os peixinhos,

tornando-se professores, oficiais, polícias,

construtores de gaiolas, etc.

Em suma, se os tubarões fossem homens

haveria uma civilização no mar.



Se fôssemos infinitos tudo mudaria.

Como somos finitos, muito permanece.
Bertold Brecht

Lula e a Tarturuga no Poste


Perfeita definição:

Enquanto suturava um ferimento na mão de um velho gari (cortada por
um caco de vidro indevidamente jogado no lixo), o médico e o paciente
começaram a conversar sobre o país, o governo e, fatalmente, sobre
Lula.
O velhinho disse:
- Bom, o senhor sabe, o Lula é como uma tartaruga em cima do
poste...Sem saber o que o gari queria dizer, o médico perguntou o que
significava uma tartaruga num poste?
E o gari respondeu:
- É quando o senhor vai indo por uma estradinha, vê um poste. Lá em
cima tem uma tartaruga tentando se equilibrar. Isso é uma tartaruga em
um poste.
Diante da cara de bobo do médico, o velho acrescentou:
- Você não entende como ela chegou lá;
- Você não acredita que ela esteja lá;
- Você sabe que ela não subiu lá sozinha;
- Você sabe que ela não deveria nem poderia estar lá;
- Você sabe que ela não vai fazer absolutamente nada enquanto estiver lá;
- Você não entende porque a colocaram lá;
- Então, tudo o que temos a fazer é ajudá-la a descer de lá, e
providenciar para que nunca mais suba, pois lá em cima,
definitivamente, não é o seu lugar!

quinta-feira, abril 02, 2009

Questão moral / ética

"Com toda esta polêmica a propósito da clonagem, uma grande pergunta
urge colocar:

Alguém que tenha relações sexuais com o seu próprio clone, é
homossexual, está a masturbar-se ou fodeu-se ?"

quarta-feira, abril 01, 2009

Alguém me explica?

Tenho como hábito ler as noticias rapidamente pelo computador,pois já não há mais tempo pra folhear um jornal como eu gostava de o fazer.
Eis que localizo uma notícia interessante: Os propríetários de veiculos cadastrados no município de São Paulo são obrigados a fazer uma tal da Inspeção Veicular.E meus olhos vão lendo,incrédulos, que esse programa foi implantado pela prefeitura do municipio de São Paulo,para melhorar a qualidade do ar. Por licitação,deram uma concessão a uma empresa chamada ControlAr e que na prática anda reprovando veículos novos.Além da cobrança pela inspeção a qual vc poderá pedir o reembolso e se vc tiver sorte e não errar nenhuma vírgula,vc receberá de volta em sua conta corrente.A inspeção é obrigatória senão vc não pode tranferrir a propriedade do automóvel,não poderá licenciar posteriormente e corre o risco de ser multado em $550,00,isso mesmo,a bagatela de Quinhentos e cinquenta reais...
Não bastando tudo isso,os proprietários dos automóveis deverão estar sem nenhuma dívida com o Detran,licenciamento vencido,IPVA atrasado ou multas em aberto ( como tudo isso é bem baratinho e o brasileiro nada em dinheiro,com certeza é só um detalhe).Lí mais um pouquinho e já estava revoltada imaginando do porque os carros novos têm de passar por essa inspeção.Carros que ainda estão na garantia de fábrica e muitos deles são reprovados e aqueles mais antigos não o tem de fazer?
Cheguei a conclusão de que o legal mesmo é comprar um carro 1980, a inspeção veicular não atinge estes,são isentos de IPVA,sair por aí poluindo o ar,parando o trânsito quando essa geringonça quebrar,pôr em risco a vida dos demais,etc Aí pode.O que não pode é vc ter um carro novo e pagar seus impostos!
Na minha opinião o que polui é a miséria,a falta de saneamento básico,falta de moradia,favelas pra todo lado,lixo, falta de educação de um povo,etc.
Mais uma onda pra tirar dinheiro do contribuinte! Alguém duvida?

"O MAIS JOVEM CIRURGIÃO DO MUNDO".

Você vai gostar de ler sobre o Akrit e ver os vídeos
(no final do texto). Extraordinário



AKRIT JASWAL "O MAIS JOVEM CIRURGIÃO DO MUNDO".



Akrit tem hoje 15 anos de idade.



PÁRA-HABILIDADES: SUPERMEMÓRIA , INTELIGÊNCIA AMPLIFICADA e DONS DE CURA !


Akrit nasceu em 23/04/1993 , numa família pobre Rajput da cidade de HIMACHAL PRADESH, na INDIA.
Desde a sua infância, Akrit demonstrou habilidades incomuns:começou à falar no 10° mês de idade; aos 2 anos de idade começou à escrever e a ler, apenas olhando as páginas dos livros; começou à ler avidamente tudo o que chegava as suas mãos;
aos 5 anos começou a ler livros de poesia e peças de Shakespeare; depois desenvolveu uma paixão precoce por livros de Medicina,Anatomia e Cirurgia.


Os professores da sua Aldeia descobriram que Akrit possuía a formidável capacidade da MEMÓRIA FOTOGRÁFICA, jamais esquecia nada e possuía uma voracidade fantástica em aprender cada vez mais.


Aos 6 anos, fazia discursos altamente complexos sobre temas de Medicina, Biologia e Cirurgia, e debatia com médicos adultos qualquer tipo de tema ligado à Ciência Médica.


ELE MEMORIZOU DE CABEÇA DEZENAS DE TRATADOS MÉDICOS DE MEDICINA, ANATOMIA , FISIOLOGIA E CIRURGIA , que são difíceis de ler até mesmo para os Especialistas veteranos destas áreas !


Akrit solicitou e obteve uma autorização especial para acompanhar e assistir às Cirurgias feitas no Hospital de HIMACHAL.

Aos 7 anos de idade, tornou- se o cirurgião mais jovem do mundo, quando a família de uma menina da sua aldeia solicitou a sua ajuda para realizar uma cirurgia.
A Menina havia sofrido um acidente e queimado os dedos, que acabaram colando uns nos outros; Akrit apiedou-se da menina e realizou uma Cirurgia extremamente bem-sucedida, que foi filmada e surpreendeu os médicos de todo o Mundo.


Tornou-se uma celebridade em toda a Índia, e os cientistas começaram a realizar testes em Akrit para desvendar os segredos da sua inteligência , e ele espantou a todos ao obter o grau
146 de QI no seu primeiro teste !!!

Foi convidado pelo Governo Hindu para estudar na PUNJAB UNIVERSITY aos 11 anos de idade, em 2004.


Akrit logo demonstrou outros poderes, como o Dom de Curar as pessoas apenas colocando as mãos sobre os seus ferimentos, que ele diagnostica instantaneamente as causas,graças à sua Memória Fotográfica que identifica os sintomas psicobiofísicos de qualquer enfermidade, apenas olhando de relance os pacientes.

Hoje, ele é estudante da UNIVERSIDADE DE HARVARD nos EUA onde está no 2º ano de um curso de Bacharelado em Zoologia e Botânica ; ao mesmo tempo continua com seus estudos autodidáticos sobre Medicina e outras áreas da Saúde.


O Sonho de AKRIT é encontrar a Cura definitiva para o Câncer e a AIDS, pois ele declara em suas palestras que já possui milhares de idéias extremamente criativas para a renovação completa da Medicina atual e para o Tratamento do Câncer.

Akrit surpreendeu o mundo todo ao dizer no programa televisivo da apresentadora OPRAH que, com sua SUPERINTELIGÊ NCIA , ele leu todos os Tratados atuais de Oncologia e descobriu as falhas e limitações da atual pesquisa do Câncer; afirmou que ele possui a solução do Problema e que pode criar NOVOS REMÉDIOS e NOVAS TECNOLOGIAS de tratamento oncológico, mas que para isso precisa antes formar-se oficialmente como Médico e criar um CENTRO FILANTRÓPICO DE ESTUDOS, para tratar gratuitamente os milhares de doentes da Índia. Com estas afirmações, tornou- se instantaneamente uma CELEBRIDADE nos EUA, conseguindo grandes doações e apoios para as suas pesquisas.

AKRIT em entrevista com Oprah Winfrey


" AKRIT é reconhecido hoje como um verdadeiro AVATAR DA MEDICINA na Índia , é visto como um grande MAHATMA que encarnou na matéria para revolucionar completamente a Medicina ".

" Os Parapsicólogos consideram Akrit um dos mais evoluídos MUTANTES PSIÔNICOS da atualidade e a mais famosa das CRIANÇAS ÍNDIGO (Crianças que nascem com

Superinteligência Criativa , como Akiane Kramarik e Boriska)que estão nascendo em todo o mundo para provocar uma mudança radical na Ciência humana atual ".



REFERÊNCIAS:

http://en.wikipedia .org/wiki/ Akrit_Jaswal

AKRIT JASWAL na Wikipédia

red]REFERENCIAS SOBRE AKRIT JASWAL :

TEXTOS:
http://en.wikipedia .org/wiki/ Akrit_Jaswal

http://www.realsupe rpowers.com/ akrit-jaswal- child-prodigy- child-surgeon

http://www.mymultip lesclerosis. co.uk/misc/ akritjaswal. html

http://pt.wikipedia .org/wiki/ Akrit_Jaswal

http://forum. autohoje. com/archive/ index.php/ t-30326.html

http://www.india- forums.com/ forum_posts. asp?TID=548701



VÍDEOS:

http://br.youtube. com/watch? v=oQif24jIGWY

http://br.youtube. com/watch? v=gkDx7mRGmyM&feature=related

http://br.youtube. com/watch? v=M9BrgT0s9eQ&feature=related

http://br.youtube. com/watch? v=MLiYyt4NWxU&feature=related

http://br.youtube. com/watch? v=G_9z95ZPnb8&feature=related


TEXTOS: existem dezenas de textos escritos nas línguas indianas e Blogs sobre Akrit = pesquisar no Google.