quinta-feira, dezembro 02, 2010

Metas: Para onde você está indo?

Um texto muito bom ,com uma compreensão simples e de grande valor.Escrito por Danielle Tavares e José Silveira Passos(*)

"Se você não sabe para onde ir, qualquer caminho serve."

Você sabe para onde está indo? O rumo que você está dando para a sua vida é o que realmente deseja? O que você faz está de acordo com as suas prioridades? Se a resposta é não, é possível que sua vida esteja vazia e sem sentido.

Um dos grandes males do nosso tempo é a depressão, transtorno que pode ser definido como uma falta de paixão pela vida, uma falta de sentido que tem sua origem na não realização de desejos. Para ter paixão, é preciso estar envolvido em algo que seja importante para você. Não menos comuns, a angústia e a ansiedade também são resultado de uma desconexão consigo mesmo. Por que isso acontece?

Desde muito cedo, somos ensinados a ser obedientes e disciplinados, respeitando ritmos externos e ignorando nossos próprios ritmos. Esta imposição do ritmo de outros às nossas vidas é o que gera a desconexão. Seguimos assim pela vida e, quando nos damos conta, não sabemos mais o que realmente queremos. A conseqüência disso é uma vida cheia de automatismos e sem criatividade.

Pense nas pessoas que você conhece. Quantas vezes você já ouviu algumas delas se queixando de estarem angustiadas, insatisfeitas, se sentindo incapazes de mudar? A sensação comumente descrita por elas é de impotência, de estarem sendo levadas pela vida ao invés de levá-la. Isso gera uma vulnerabilidade e não é raro perceber que se está trabalhando para realizar os desejos e metas de outros e não os seus.

Agora, pense na sua vida. Existem divergências entre o que você está fazendo agora e o que é realmente importante para você? Se existem, talvez você perceba que a sua vida, até este momento, não está caminhando como você gostaria. Porém, é preciso que você saiba que há tempo de mudar tudo, não importa a sua idade nem o que fez até agora. O que importa é o que fará daqui em diante.

Sem uma direção definida, acabamos atirando para todos os lados. E quando se atira sem ter um alvo definido, não se chega a lugar algum.

O que fazer então?

E aí que entra o conceito de meta. O que é uma meta? É um ponto definido onde se quer chegar. Para que você coloque o seu barco no mar, é importante que tenha em mente seu porto de destino. Uma meta é a definição do porto de destino. Aí, está a chave da questão.

O conceito de meta, se bem manejado, vai possibilitar a transformação de seus sonhos e desejos em comportamentos reais. Isso não é mágica. Pelo contrário, ter sucesso implica muito trabalho e muita energia. Durante sua trajetória, com seu porto de destino definido, você precisará verificar constantemente se está indo na direção certa para, assim, poder corrigir os possíveis desvios.

Daí a importância da meta. Porque, além de dar direção ao que você quer, ela permite que você verifique o tempo todo se o que está fazendo realmente está contribuindo para que você chegue ao seu objetivo.

Mas, como definir suas metas?

A primeira coisa que você deve fazer é identificar o que quer. Muitos passam pela vida sem saber. O conceito de metas pode (e deve) ser aplicado nas diversas áreas da vida: família, profissão, estudo, relacionamento afetivo, social, economia doméstica, finanças pessoais, etc.

O segundo passo é aplicar as técnicas existentes para desenvolver uma meta. Não basta apenas expressar um sonho ou um desejo. É importante que possamos transformá-los em metas. Às vezes, as pessoas têm a sensação de estar trabalhando com metas bem definidas. No entanto, temos observado em nossa pratica, que a grande maioria não possui conhecimento para diferenciar um sonho de uma meta. Podemos visualizar a diferença entre os dois com a metáfora abaixo:

"Havia cinco macacos no galho de uma árvore: três deles decidiram pular. Quantos macacos ficaram no galho? A resposta é simples: os cinco macacos permaneceram no galho. Por quê? Porque decidiram pular, mas nenhum deles o fez de fato."

Ou seja, decidir ou sonhar não é o suficiente para obter êxito naquilo que queremos. Desenvolver uma meta significa canalizar energia. E as técnicas são os instrumentos que operacionalizarão esta meta.

É comum encontrar pessoas que, ao chegarem na reta final de suas vidas, verificam que poderiam ter tomado um rumo bem diferente. Mas, é possível mudar o curso da história bem antes do fim. Deixemos para os filmes a imagem do velho, à beira da morte, arrependido das coisas que fez e deixou de fazer. Você pode monitorar continuamente para onde está indo e, assim mudar sua vida. Basta, para tal, ter uma meta.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
(*) Danielle Tavares (CRP-05/22873) e José Silveira Passos (CRP-05/18842) são Psicólogos e Analistas Transacionais - MDF da UNAT-BRASIL.

quinta-feira, julho 15, 2010

2012

2012 NÃO SERÁ O FIM DO MUNDO, SERÁ O FIM DE UMA ERA E INICIO DE OUTRA, PREPARE-SE

Muito se fala de 2012, mas pouco efetivamente se conhece.
Segue um texto rápido e esclarecedor, para desmistificar um pouco a profecia e trazer uma linguagem simples, ofertando ânimo extra para nossas ações como sincronizadores biosféricos:

Os corpos que não refinarem suas energias não conseguirão ficar encarnados dentro da terceira dimensão, pois a quarta dimensão estará instalada.



O sistema solar gira em torno de Alcione, estrela central da constelação de Plêiades.
Esta foi a conclusão dos astrônomos Freidrich Wilhelm Bessel, Paul Otto Hesse, José Comas Solá e Edmund Halley, depois de estudos e cálculos minuciosos.
Nosso Sol é, portanto, a oitava estrela da constelação - localizada a aproximadamente 28 graus de Touro - , e leva 26 mil anos para completar uma órbita ao redor de Alcione, movimento terrestre também conhecido como Precessão dos Equinócios.
A divisão desta órbita por doze resulta em 2.160, tempo de duração de cada era "astrológica" (Era de Peixes, de Aquário, etc).

Descobriu-se também que Alcione tem à sua volta um gigantesco anel, ou disco de radiação, em posição transversal ao plano das órbitas de seus sistemas (incluindo o nosso), que foi chamado de Cinturão de Fótons.
Um fóton consiste na decomposição ou divisão do elétron, sendo a mais ínfima partícula de energia eletromagnética, algo que ainda se desconhece na Terra.
Detectado pela primeira vez em 1961, através de satélites, a descoberta do Cinturão de Fótons marca o início de uma expansão de consciência além da terceira dimensão.
A ida do homem à Lua nos anos 60 simbolizou esta expansão, já que antes das viagens interplanetárias era impossível perceber o Cinturão.
A cada dez mil anos o Sistema Solar penetra por dois mil anos no anel de Fótons, ficando mais próximo de Alcione.
A última vez que a Terra passou por ele foi durante a "Era de Leão", há cerca de doze mil anos.
Na Era de Aquário, que está se iniciando, ficaremos outros dois mil anos dentro deste disco de radiação.
Todas as moléculas e átomos de nosso planeta passam por uma transformação sob a influência dos Fótons, precisando se readaptar a novos parâmetros.
A excitação molecular cria um tipo de luz constante, permanente, que não é quente, uma luz sem temperatura, que não produz sombra ou escuridão.
Talvez por isso os hinduístas chamem de "Era da Luz" os tempos que estão por vir.
Desde 1972, o Sistema Solar vem entrando no Cinturão de Fótons e em 1998 a sua metade já estará dentro dele.
A Terra começou a penetrá-lo em 1987 e está gradativamente avançando, até 2.012, quando vai estar totalmente imersa em sua luz.
De acordo com as cosmologias maia e asteca, 2.012 é o final de um ciclo de 104 mil anos, composto de quatro grandes ciclos maias e de quatro grandes eras astecas.

Humbatz Men, autor de origem maia, fala em "Los Calendários" sobre a vindoura "Idade Luz".
Bárbara Marciniak, autora de "Mensageiros do Amanhecer", da Ground e "Earth", da The Bear and Company e a astróloga Bárbara Hand Clow, que escreveu "A Agenda Pleiadiana", da editora Madras, receberam várias canalizações de seres pleiadianos.
Essas revelações falam sobre as transformações que estão ocorrendo em nosso planeta e nas preparações tanto física quanto psíquicas que precisamos nos submeter para realizarmos uma mudança dimensional.
Segundo as canalizações, as respostas sobre a vida e a morte não estão mais sendo encontradas na terceira dimensão.
Um novo campo de percepção está disponível para aqueles que aprenderem a ver as coisas de uma outra forma.
Desde a década de oitenta, quando a Terra começou a entrar no Cinturão de Fótons, estamos nos sintonizando com a quarta dimensão e nos preparando para receber a radiação de Alcione, estrela de quinta dimensão.

Zona arquetípica de sentimentos e sonhos, onde é possível o contato com planos mais elevados, a quarta dimensão é emocional e não física.
As idéias nela geradas influenciam e detonam os acontecimentos na terceira dimensão, plano da materialização.
Segundo as canalizações, a esfera quadri-dimensional é regida pelas energias planetárias de nosso sistema solar, daí um trânsito de Marte, por exemplo, causar sentimentos de poder e ira.

Para realizar esta expansão de consciência é preciso fazer uma limpeza, tanto no corpo físico como no emocional, e transmutar os elementais da segunda dimensão a nós agregados, chamados de miasmas.
Responsáveis pelas doenças em nosso organismo, os miasmas são compostos de massas etéricas que carregam memórias genéticas ou de vidas passadas, memórias de doenças que ficaram encruadas e impregnadas devido a antibióticos, poluição, química ou radioatividade.
Segundo as canalizações, esses miasmas estão sendo intensamente ativados pelo Cinturão de Fótons.
Os pensamentos negativos e os estados de turbulência, como o da raiva, também geram miasmas, que provocam bloqueios energéticos em nosso organismo.
Trabalhar o corpo emocional através de diversos métodos terapêuticos - psicológicos, astrológicos ou corporais - ajuda a liberar as energias bloqueadas.
A massagem, acupuntura, homeopatia, florais, meditação, yoga, o tai-chi, algumas danças, etc, são também técnicas de grande efetividade, pois mexem com o corpo sutil e abrem os canais de comunicação com outros planos universais.
As conexões interdimensionais são feitas através de ressonância e para sobrevivermos na radiação fotônica temos que nos afinar a um novo campo vibratório.
Ter uma alimentação natural isenta de elementos químicos, viver junto à natureza, longe da poluição e da radiatividade, liberar as emoções bloqueadas e reprimidas, contribuem para a transição.
Ter boas intenções é essencial, assim como estar em estado de alerta para perceber as sincronicidades e captar os sinais vindos de outras esferas.

Segundo a Agenda Pleiadiana, de Bárbara Hand Clow , o Cinturão de Fótons emana do Centro Galáctico.
Alcione, o Sol Central das Plêiades, localiza-se eternamente dentro do Cinturão de Fótons, ativando sua luz espiralada por todo o Universo.

Mas afinal e nós nisso tudo ?
Nós somos os mais beneficiados com tudo isso.
Todos nós, os seres encarnados na Terra estamos passando por um processo de iniciação coletiva e escolhemos estar aqui nessa difícil época de transição de nosso planeta, que atingirá todo o Universo.
Os fótons funcionam como purificadores da raça humana e através de suas partículas de luz, às quais estamos expostos nos raios solares, dentro em breve estaremos imersos nesta "Era de Luz", depois de 11 mil anos dentro da Noite Galáctica ou Idade das Trevas, como os hindus se referiam a Kali Yuga.
Como um sistema de reciclagem do Universo, o Cinturão de Fótons inicia a Era da Luz.
Existem diversas formas da humanidade intensificar sua evolução, desenvolvendo um trabalho de limpeza dos corpos emocionais, com o uso de terapias alternativas, como florais, Yoga, Sahaja Maithuna, musicoterapia, cromoterapia entre muitos outros.
São terapias e práticas que trabalham com a cura dos corpos sutis, evitando que muitas doenças sejam desenvolvidas antes mesmo de alcançar o corpo físico, além de curar outras já instaladas .


Cada partícula vai se alojando em todos os cantinhos de nosso planeta trazendo a consciência (Luz), a Verdade, a Integridade e o Amor Mútuo.
Cada um de nós tem um trabalho individual para desenvolver aliado ao trabalho de conscientização da humanidade.
Os corpos que não refinarem suas energias não conseguirão ficar encarnados dentro da terceira dimensão, pois a quarta dimensão estará instalada.
E todos nós redescobriremos a nossa multidimensionalidade e ativaremos nossas capacidades adormecidas dentro da Noite Galáctica.
A inteligência da Terra será catalizada para toda a Via Láctea.
Todos estes acontecimentos foram registrados no Grande Calendário Maia, que tem 26 mil anos de duração e termina no solstício de inverno, no dia 21 de dezembro de 2012 dC, que marca a entrada definitiva da Terra dentro do Cinturão de Fótons por 2000 anos ininterruptos.


Eu já havia lido este texto mas não me recordo do autor ,por favor quem souber acrescente nos comentários que eu terei o cuidado de identificá-lo.

segunda-feira, maio 31, 2010

O que significa uma carta/e-mail de despedida

O que as pessoas realmente querem dizer com os e-mails de despedida...

Colegas
Escravos,

Chegou a minha vez de me despedir de todos vocês. Os últimos anos foram magníficos no desenvolvimento da minha carreira, mas é hora de partir em busca de novos desafios profissionais.
Estou caindo fora desta merda. Após anos de exploração sem sentido, baixo salário e horas-extras não remuneradas, finalmente consegui arrumar um emprego melhor que este (o que não quer dizer grande coisa).

Gostaria de deixar meus agradecimentos a todas as pessoas que de alguma forma me ajudaram durante todos estes anos. Sei que posso acabar esquecendo alguém, mas algumas delas merecem uma saudação a parte:
Abaixo segue a lista das pessoas que transformaram a minha vida num inferno durante todos estes anos. Existem muitos outros fdps, mas não consigo lembrar o nome de todos:

Em especial fica um forte abraço para o Teixeira, meu chefe ao longo desta jornada, pelo aprendizado, dicas e também broncas;
Filho da puta do Teibicha, maldito corno, jamais cumpriu sequer uma das promessas que me fez. Sempre de mau humor, consegue a todo o momento desmotivar a equipe com sua incompetência e métodos pré-históricos de trabalho.

Para toda a equipe da Área de Pessoas, em especial para a Luciana, pela simpatia, disposição em resolver meus problemas e também por ter me selecionado (hehe);
A vaca do RH, pelo mau humor cotidiano e clara insatisfação em ajudar quem quer que seja.

A toda equipe de TI, que prontamente solucionou inúmeros problemas em nosso sistema;
As incompetentes da área de sistema, que demoram uma eternidade pra resolver qualquer problema em nossas máquinas, e normalmente o fazem com cara feia e má vontade.

A equipe do nosso escritório Regional do Rio de Janeiro , pela ajuda com nossos eventos;
Aos sanguessugas do escritório regional, incapazes de resolver qualquer problema por conta própria, fizeram eu perder inúmeros finais de semana para ajudar em situações que eles criaram.

Fica aqui o meu grande abraço para todos vocês, pelas risadas, happy-hours, problemas resolvidos e desafios enfrentados. Tenho orgulho de ter feito parte desta família maravilhosa.
Adeus para todos. Chega de fofoca, baixo nível, picuinha e palhaçada.

Sei que conversaremos em breve.
Nunca mais quero ver nenhum de vocês.

Abraços
Vão todos tomar no C.U.

sábado, fevereiro 13, 2010

Irresistível!

Gregos...a alegria,a irreverência,o humor...

domingo, janeiro 31, 2010

Extra! Extra! Extra!


Depois do P.A.C. (PÃO, ÁGUA e CIRCO), o Governo Lula vai criar mais 7 novos programas:
1 - Base de Operações Legislativas Avançadas - B.O.L.A.

2 - Programa Intensivo de Auxílio Didático ao Analfabeto - P.I.A.D.A.

3 - Programa de Revisão Orientado para o próprio Interesse nas Nomeações em Autarquias - P.R.O.P.I.N.A.

4 - Mensuração da Eficiência Real das Decisões Administrativas - M.E.R.D.A.

5 - Serviço de Apoio aos Companheiros que Atuam Nacionalmente, Aliciando Governadores, Empresários e Magistrados - S.A.C.A.N.A.G.E.M.

6 - Fundo para Operações Destinadas aos Apadrinhados - F.O.D.A.

7 - Programa de Interesse Regional das ONGs Cadastradas na Amazônia - P.I.R.O.C.A.

BIG BROTHER BRASIL

Autor: Antonio Barreto,
Cordelista natural de Santa Bárbara-BA,
residente em Salvador.

Curtir o Pedro Bial
E sentir tanta alegria
É sinal de que você
O mau-gosto aprecia
Dá valor ao que é banal
É preguiçoso mental
E adora baixaria.

Há muito tempo não vejo
Um programa tão ‘fuleiro’
Produzido pela Globo
Visando Ibope e dinheiro
Que além de alienar
Vai por certo atrofiar
A mente do brasileiro.

Me refiro ao brasileiro
Que está em formação
E precisa evoluir
Através da Educação
Mas se torna um refém
Iletrado, ‘zé-ninguém’
Um escravo da ilusão.

Em frente à televisão
Lá está toda a família
Longe da realidade
Onde a bobagem fervilha
Não sabendo essa gente
Desprovida e inocente
Desta enorme ‘armadilha’.

Cuidado, Pedro Bial
Chega de esculhambação
Respeite o trabalhador
Dessa sofrida Nação
Deixe de chamar de heróis
Essas girls e esses boys
Que têm cara de bundão.

O seu pai e a sua mãe,
Querido Pedro Bial,
São verdadeiros heróis
E merecem nosso aval
Pois tiveram que lutar
Pra manter e te educar
Com esforço especial.

Muitos já se sentem mal
Com seu discurso vazio.
Pessoas inteligentes
Se enchem de calafrio
Porque quando você fala
A sua palavra é bala
A ferir o nosso brio.

Um país como Brasil
Carente de educação
Precisa de gente grande
Para dar boa lição
Mas você na rede Globo
Faz esse papel de bobo
Enganando a Nação.

Respeite, Pedro Bienal
Nosso povo brasileiro
Que acorda de madrugada
E trabalha o dia inteiro
Dar muito duro, anda rouco
Paga impostos, ganha pouco:
Povo HERÓI, povo guerreiro.

Enquanto a sociedade
Neste momento atual
Se preocupa com a crise
Econômica e social
Você precisa entender
Que queremos aprender
Algo sério – não banal.
Esse programa da Globo

Vem nos mostrar sem engano
Que tudo que ali ocorre
Parece um zoológico humano
Onde impera a esperteza
A malandragem, a baixeza:
Um cenário sub-humano.

A moral e a inteligência
Não são mais valorizadas.
Os “heróis” protagonizam
Um mundo de palhaçadas
Sem critério e sem ética
Em que vaidade e estética
São muito mais que louvadas.

Não se vê força poética
Nem projeto educativo.
Um mar de vulgaridade
Já tornou-se imperativo.
O que se vê realmente
É um programa deprimente
Sem nenhum objetivo.

Talvez haja objetivo
“professor”, Pedro Bial
O que vocês tão querendo
É injetar o banal
Deseducando o Brasil
Nesse Big Brother vil
De lavagem cerebral.

Isso é um desserviço
Mal exemplo à juventude
Que precisa de esperança
Educação e atitude
Porém a mediocridade
Unida à banalidade
Faz com que ninguém estude.

É grande o constrangimento
De pessoas confinadas
Num espaço luxuoso
Curtindo todas baladas:
Corpos “belos” na piscina
A gastar adrenalina:
Nesse mar de palhaçadas.

Se a intenção da Globo
É de nos “emburrecer”
Deixando o povo demente
Refém do seu poder:
Pois saiba que a exceção
(Amantes da educação)
Vai contestar a valer.

A você, Pedro Bial
Um mercador da ilusão
Junto a poderosa Globo
Que conduz nossa Nação
Eu lhe peço esse favor:
Reflita no seu labor
E escute seu coração.

E vocês caros irmãos
Que estão nessa cegueira
Não façam mais ligações
Apoiando essa besteira.
Não deem sua grana à Globo
Isso é papel de bobo:
Fujam dessa baboseira.

E quando chegar ao fim
Desse Big Brother vil
Que em nada contribui
Para o povo varonil
Ninguém vai sentir saudade:
Quem lucra é a sociedade
Do nosso querido Brasil.

E saiba, caro leitor
Que nós somos os culpados
Porque sai do nosso bolso
Esses milhões desejados
Que são ligações diárias
Bastante desnecessárias
Pra esses desocupados.

A loja do BBB
Vendendo só porcaria
Enganando muita gente
Que logo se contagia
Com tanta futilidade
Um mar de vulgaridade
Que nunca terá valia.

Chega de vulgaridade
E apelo sexual.
Não somos só futebol,
baixaria e carnaval.
Queremos Educação
E também evolução
No mundo espiritual.

Cadê a cidadania
Dos nossos educadores
Dos alunos, dos políticos
Poetas, trabalhadores?
Seremos sempre enganados
e vamos ficar calados
diante de enganadores?

Barreto termina assim
Alertando ao Bial:
Reveja logo esse equívoco
Reaja à força do mal…
Eleve o seu coração
Tomando uma decisão
Ou então: siga, animal…

FIM

quarta-feira, janeiro 13, 2010

Aos quatro ventos

Uma crônica simples com um conteúdo precioso.Gosto da maneira como escreve o P.R.Gaefke,geralmente leio seus textos e me pego acenando a cabeça com sinais de concordância.Vale alguns minutos de reflexão.


Conte aos quatro ventos os seus desejos, espalhe-os como se fossem sementes, adube-os com os seus sonhos e um dia, eles retornarão em forma de realidade.

Seja otimista mesmo diante da negação, do que parece ser intransponível, a maior barreira continua sendo o seu pensamento.

Cumprimente a todos igualmente, não faça distinção das pessoas, todos tem um dom especial e diferente, que poderá ser útil quando você menos espera.

Enquanto o amor não acontece, abra seu coração para novas experiências, ame mais o próximo, ame mais os familiares, os animais, a natureza.

Se o amor já bateu na sua porta e anda meio apagado, acenda a chama buscando nas suas memórias os pequenos gestos que um dia os aproximou. Ao invés de cobrar, ofereça aquilo que desejas receber, assim o amor renasce e se fortalece.

Se por algum motivo, a solidão tomar posse das suas noites, nada de desespero,. aproveite para se conhecer melhor, escreva as suas memórias, planeje o seu futuro, e durante o dia busque ser mais solidário.

Ore por alguém, seja por um familiar, um amigo querido, ou se possível, por aquela pessoa que você não entende porque não gosta, ou aquela que tem algo contra ti. A melhor coisa da vida é ter alguém que ora por nós.

Plante uma árvore, seja na sua rua, num hotel fazenda, ou mesmo uma pequena planta na varanda do apartamento. Árvores e plantas são mensageiras de Deus, experimente conversar com elas.

Por fim, para que a vida se complete, adote uma causa para lutar, seja a sua felicidade, a defesa da natureza, dos animais, dos órfãos, dos idosos, dos que tem doenças crônicas, das vítimas da violência, ou qualquer outra boa causa, assim você esquece dos seus problemas, passa a ter a certeza que todos eles juntos são menores que um só dessas vitimas da crueldade do mundo que ainda não aprendeu que somos todos irmãos.

Ser feliz, simplesmente feliz, com o que você tem hoje, com o que terás amanhã, com a bagagem que trouxeste de ontem.


Paulo Roberto Gaefke

domingo, janeiro 03, 2010

Seja o tipo da mulher que, quando seus pés tocarem o chão a cada manhã, o diabo fala :Aiiiiiii meu Deus!!!! Droga!!!!! Ela acordou!!!

Essa frase eu dedico a todas as minhas amigas "Mulheres Poderosas" que eu conheço!
Tá bom assim,meninas?
Beijos
Pan